domingo, 5 de fevereiro de 2012

Novos Rumos


Ao chegar ao meu trabalho, no dia seguinte, fui parado ainda no corredor pelo meu supervisor, o Dr. Saldanha.
- Edward, precisamos conversar! Por favor, venha até minha sala.



Eu o segui até sua sala sem fazer indagações. O Dr. Saldanha era um dos melhores médicos de Bridgeport, quem sabe até o melhor. Muitos dos médicos do hospital não gostavam dele, principalmente por ele ser muito rigoroso.
Porém, por ele também ter sido meu professor na Universidade, nos tornamos amigos.

- Pode falar. – Disse assim que ele me pediu para sentar em um das cadeiras. 



- Edward, recentemente recebi um convite da prefeitura de Sunset Valley para dirigir o hospital de lá. Parece que o último diretor envolveu-se em alguns escândalos e acabou sendo demitido.
- Parabéns, Dr. Saldanha! O senhor merece.
- Obrigado, mas o fato é que não aceitei ao convite.
- Sei que não é da minha conta, mas por quê?



- Edward, sou um homem quase idoso. Já tenho 59 anos e... Bem. Minha esposa, meus filhos, meus netos... Todos têm suas vidas aqui. Por mais que eu quisesse, não conseguiria ficar longe deles.
- Entendo. Sei como é difícil se afastar da família.
- Foi então que pensei em você.
- Em mim? 


- Exatamente! Conversei com o ministro da saúde e recomendei o seu nome. A prefeitura de Sunset Valley quer você na direção do hospital de lá.

Por alguns instantes fiquei tentando entender o que o Dr. Saldanha estava falando.



- E então? Você aceita? – Indagou o Dr. Saldanha notando a minha cara de surpresa.
- Dr. Saldanha... Eu não sei o que falar!
- Diga um sim e tudo se resolve!
- Por um lado até seria bom. Meus pais moram em Sunset Valley, eu nasci lá! Só que...
- Só que? 



- Eu comecei um namoro recentemente e...
- Edward, namoros começam e acabam! Você não pode simplesmente impedir o seu progresso na profissão que você ama por alguém. Se essa garota te amar de verdade, ela vai com você e vai te apoiar.
- Eu não sei o que dizer...
- Hoje, as 20:00h você vai me ligar e dar uma resposta. Caso contrário, você perde a oportunidade. Quero muito que você aceite, mas a escolha é sua.



A partir do momento que me levantei da cadeira e sai da sala do Dr. Saldanha, fiquei imaginando em uma resposta para dar a ele, mas ainda assim eu não conseguia. Por volta das 18:00h o meu plantão acabou e eu fui direto para casa.



Ao chegar lá, vi uma cena que me deixou mais pensativo ainda. Carol brincava na sala com Rufus.

Não queria me afastar dela, nem do John e da Rosana. Meus amigos, meu tesouro. 



- Amor, que bom que você chegou! – Disse Carol ao me avistar.
- Boa noite.

Eu tentei disfarçar a minha tristeza e meus conflitos, mas Carol conseguiu perceber.
- O que aconteceu?



 - Eu... Fui promovido. – Disse em uma frase cortada.
– Meu amor, parabéns!  - Disse Carol com uma expressão entusiasmada e que simplesmente tornou-se preocupada. – Você não está feliz?
- Sim.
- E por que essa cara?
- Eu fui convidado para ser diretor do hospital de Sunset Valley. 



- Você vai ter de se mudar para lá?
- Se eu aceitar, sim.
- Se você aceitar? E o que te impede?
- Você, o John, o casamento dele e da Rosana, o nosso namoro... Tudo isso! Eu reconstruí a minha vida aqui... 



- E você acha que eu e o John vamos ficar felizes em saber que você perdeu uma oportunidade como essa? Você está parecendo uma criança, Edward Smith! Para de tentar agir com essa sua razão ao menos uma vez na vida. – Carol fez uma pausa. – Seus pais moram lá, não é?
- Sim. – Respondi como se fosse um garoto de 10 anos tomando uma bronca de sua mãe.
- Então... Seus pais estão lá! Você vai poder ficar mais perto deles! 



Carol ficou me encarando por alguns instantes.
- O que foi? – Indagou.
- Você não me ama?
- Espera! Você está achando que só por eu te amar eu quero que você fique ao meu lado? Edward, quem ama não priva a pessoa amada de nada. Quem ama quer a felicidade do outro.
- E se a minha felicidade estiver aqui?
- Isso você já provou que não! Você mora aqui há quase 6 anos e cadê essa tal felicidade? 



- Está na minha frente. – Respondi.
- Se eu sou a sua felicidade, eu vou com você aonde você for.
- O que você está dizendo?
- Amor, eu sou escritora. Eu me mudei para Bridgeport para ficar perto de você, se você for para Sunset, eu vou também, simples.
- Você está falando sério?



- Eu sou mulher de brincar com uma coisa dessas?! Gato, eu não te deixo escapar por nada! Imagina perder um homem LINDO como você para uma daquelas garotas de Sunset Valley? NEM MORTA!
- E o John?
- Sunset Valley não é tão longe. Vocês vão se ver sempre!
- Então se é assim... Vou ligar para o Dr. Saldanha agora mesmo!

E estava decidido: Sunset Valley, ai vou eu!

•••
Pessoal, obrigado pela espera. Já estou melhor da conjuntivite e minha internet regularizou. Estou com alguns problemas pessoais e não ando bem, mas prometo me esforçar para tentar postar todos os dias pra compensar. 


8 comentários:

  1. Que bom que ela vai junto *-*
    Toda Carol é gente boa.
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Carol é uma fofa! Acho que agora vamos ver essa carinha linda do Ed com um belo sorriso!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Ouwn, Ed vai ser diretor de hospital, vai morar perto dos pais, e ainda leva a amada junto! Quer coisa melhor? *-----* Carol realmente foi uma fofa >.< E ela tem toooda razão... Fora que o John não vai conseguir ficar longe do Ed por tanto tempo, tenho certeza que eles vão se ver bastante :)

    Adoooorei ABzin, esperando a próxima hein!
    Beeeijos ;**

    ResponderExcluir
  4. Minha gente esse Dr. Saldanha tá bem enxuto pra quem tem 59 anos e é quase um idoso, viu! Um idoso desses até eu entraria na fila!Kkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. Demorei, mas cheguei !!!!
    Olha, essa Carol ñ ta de brincadeira hein... acho que agora o Ed se ajeita com ela ... kkkk

    AAAH ! Ñ acredito... errei o segredo do John.... (drooga!) Lá se foi toda a minha esperança de acertar... =(

    Amei essa viu? Bjão

    ResponderExcluir
  6. Pessoal, bom, primeiro venho aqui pedir desculpas a vocês. Em segundo, me justificar porque estes dias não estou atualizando o blog.
    Andei tendo umas chateações com pessoas próximas e acabei me magoando muito, isso me deixou bastante triste. Depois, veio o resultado do vestibular e fiquei mais triste ainda. E para piorar, hoje, a minha hamster, minha filhota, morreu. =/
    Eu vou atualizar sim! Até tentei entrar no jogo, mas não estou com ânimo para nada.
    Peço a compreensão de todos vocês... =/
    Depois voltarei para responder com calma a todos os comentários de vocês.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  7. atualiza logo amor *-*

    ResponderExcluir